Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo da Câmara Municipal de Vila do Conde

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Centro de Memória


Juntando as valências do Arquivo Municipal, Gabinete de Arqueologia e o Núcleo Central do Museu de Vila do Conde, o Centro de Memória resulta de um projeto de regeneração do edifício existente - Solar de S. Sebastião -  e da criação de dois novos corpos, duplicando, desta forma, a área inicial. O referido imóvel que, desde há um século, significa uma centralidade na cultura do nosso concelho, primeiro pela mão do teatrólogo Jorge Faria, depois pela intervenção municipal que ali instalou a antiga Biblioteca e parte do Arquivo Municipal, continua a assumir, de forma inquestionável, lugar de destaque no panorama cultural local, regional e nacional. Exemplo disso apontamos a distinção da recuperação do imóvel com o prémio IRHU de reabilitação e Prémio Nacional de Arquitetura Alexandre Herculano, tendo sido, ainda, nomeado para o prémio SECIL.

A existência de exposições temporárias dedicadas à arte contemporânea, de uma sala polivalente para conferências, do serviço educativo, da cafetaria, da loja e do Centro de Pedagogia Ambiental, da Galeria Julio / Centro de Documentação Julio Saúl Dias, associados aos 7.000m2 de jardim e de toda a atividade cultural e lúdica que aqui se desenvolve, fazem do Solar de S. Sebastião, um equipamento cultural cheio de interesse, um espaço de fruição de informação, cultura e lazer.

No Centro de Memória funciona o Arquivo Municipal, numa perspetiva integrada, conjugando ainda diferentes valências de serviços disponíveis aos diferentes tipos de público, como a sala de consulta, a fotografia e o vídeo, bem como áreas de depósito, áreas técnicas de desinfestação e higienização de documentos, áreas de receção e gabinetes de trabalho, de acesso reservado.

O Gabinete de Arqueologia tem vindo a desenvolver diversos projetos de investigação, de conservação e de divulgação dos sítios arqueológicos do concelho, onde ganham destaques os projetos de escavação da Cividade de Bagunte e de divulgação do Castro de S. Paio. Também é nas suas reservas que o espólio arqueológico à guarda da Câmara Municipal está acondicionado, depois de ter sido intervencionado pelo laboratório de conservação e restauro. Deste modo, para além de garantir a preservação dos vestígios materiais dos nossos antepassados em condições de excelência, permite fazer uma articulação eficaz com o Centro de Memória ao nível das suas exposições.

Paralelamente, na unidade central do Museu Municipal, estrutura polinucleada constituída por diversos núcleos museológicos, Alfândega Régia – Museu de Construção Naval, Nau Quinhentista, Museu das Rendas de Bilros e Casa de José Régio, estão reunidas as condições inerentes à boa prática museológica, estando devidamente identificados os espaços sociais, assim como técnicos, nomeadamente, amplas reservas e laboratório de conservação e restauro. A exposição permanente da unidade central, “Vila do Conde: Tempo e Território”, é um espaço de diálogo, de sensações e de emoções que motivam a reflexão sobre os processos e as relações históricas e socioculturais que ao longo de milhares de anos construíram a identidade de Vila do Conde, contribuindo para a construção de uma imagem real do passado, presente e futuro de Vila do Conde. São 19 salas sobre o concelho de Vila do Conde, as suas origens, as suas gentes, os seus ambientes, que remetem para uma viagem, com início há cerca de 200 mil anos, percorrendo um conjunto de períodos determinantes na constituição da identidade de Vila do Conde.


Contactos 
Largo de S. Sebastião 
4480-706 Vila do Conde 
Telefone: 252 248 468 
Email:centro.memoria@cm-viladoconde.pt

Horário de funcionamento
Segunda: 9h00/13h00 e 14h00/17h00 (apenas Sala de Leitura para consulta do Arquivo Municipal e Centro de Estudos Julio/Saúl Dias); Terça a sexta: 10h00/18h00; Sábado e domingo: 10h00/18h00

Último acesso: 17h15

Selo “Clean & Safe” nos Museus e Centro de Memória de Vila do Conde

safe e clean

O Museu de Vila do Conde e o Centro de Memória acabam de receber o selo “Clean & Safe – Património Cultural”, uma iniciativa dinamizada pelo Turismo de Portugal para reconhecer organismos e empresas com interesse para o setor turístico que assumam o compromisso de cumprir as recomendações da Direção-Geral da Saúde, evitando os riscos de contaminação nos seus espaços com o novo coronavírus.

Os núcleos museológicos que integram o Museu de Vila do Conde, que reabriram portas no passado dia 18 de maio, tal como o Centro de Memória, integram a lista de museus, palácios e monumentos de todo o país que se associam à campanha do Turismo de Portugal, visando incentivar a retoma do setor a nível nacional e internacional, reforçando a confiança dos visitantes no nosso destino e nos seus recursos turísticos.

No caso das unidades da Rede Portuguesa de Museus, de que o Museu de Vila do Conde faz parte, a atribuição deste selo tem a garantia do Estado Português no que toca ao cumprimento dos requisitos de segurança determinados e constantes no seu plano de contingência.

Os referidos espaços culturais asseguram as condições de higiene e segurança dos visitantes e colaboradores, através de um conjunto de normas, em articulação com as autoridades competentes, nomeadamente a obrigatoriedade de utilização de máscara e a desinfeção das mãos, com solução antissética à entrada e saída do edifício, um tapete desinfetante, o distanciamento social e estipulando um número limite de vistitantes.

 

 

Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-754 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação

Logótipos Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia