Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo da Câmara Municipal de Vila do Conde

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Apresentação do programa da 30.ª edição do Curtas Vila do Conde

Img 7609 1 1000 620
2022/06/21

A ter lugar entre os dias 9 e 17 de julho, o Curtas Vila do Conde volta a ser marcado por um programa competitivo que compila descobertas, nomes consagrados e olhares sobre a nova geração de realizadores a saírem das escolas de cinema. Como destaque da 30ª edição do Curtas, o Curtinhas inclui ainda uma sala de cinema itinerante, o Cinema Insuflável, que irá percorrer algumas localidades do concelho de Vila do Conde, com várias exibições diárias.

O Curtas Vila do Conde é um Festival com um papel decisivo na dinamização cultural da nossa cidade e na divulgação do nome de Vila do Conde no mapa cultural português e europeu. O Vereador da Cultura da Câmara Municipal de Vila do Conde, Paulo Vasques, esteve presente na sessão de apresentação do Festival de Curtas afirmando o compromisso de apoio e parceria da Câmara Municipal.

Este ano, a Competição Internacional destaca os novos filmes de Radu Jude, Antonin Peretjatko, Hlynur Pálmason, Yann Gonzalez e Tsai Ming-liang.

Numa altura em que o cinema português tem vindo a afirmar-se no circuito de festivais de cinema internacional, a Competição Nacional do Curtas de Vila do Conde fica, inevitavelmente, marcada pela passagem de filmes estreados em Cannes e Berlim. Nota especial para as estreias nacionais de "Aos Dezasseis" de Carlos Lobo, "Ice Merchants" de João Gonzalez, "Garrano" de David Doutel e Vasco Sá e "Skola di Tarafe" de Sónia Vaz Borges e Filipa César.

Fora dos programas competitivos, destaque ainda para as estreias nacionais da secção Da Curta à Longa: "Fogo Fátuo" de João Pedro Rodrigues, "O Joelho de Ahed" de Nadav Lapid e "Saudade do Futuro" de Anna Azevedo Gomes. Os três realizadores estarão em Vila do Conde para apresentarem as sessões e conversarem com o público.

Em foco, na secção New Voices estará ainda a realizadora francesa Céline Devaux, num programa que integra "Toda a Gente Gosta de Jeanne", coprodução portuguesa que estreou na última edição do festival de Cannes, rodada em Lisboa.

Também em estreia nacional, naquela que é a primeira passagem do filme em festivais, apresenta-se "See You Later Space Island" de Alice dos Reis. Em estreia mundial, o Curtas passará "O Casaco Rosa" de Mónica Santos, "O Teu Peso em Ouro" de Sandro Aguilar, "Pê" de Margarida Vila-Nova, "Saturno" de Luís Costa e André Guiomar, "Uma Rapariga Imaterial" de André Godinho, "As Sacrificadas" de Aurélie Oliveira Pernet, "Heitor sem Nome" de Vasco Saltão, "Raticida" de João Niza Ribeiro e "Segunda Pessoa" de Rita Barbosa.

A 30.ª edição do Curtas integra também um programa especial desenvolvido para jovens e público familiar, Curtinhas e My Generation, a competição Take One! dedicada a filmes de escola e uma seleção de curtas proposta pela European Film Academy. Adicionado ao programa Stereo, destaca-se a exibição de "Agora e Para Sempre", documentário sobre a história e percurso dos Da Weasel.

A destacar ainda Curtas 30 Anos, Exposição Documental, uma viagem pela história e evolução do Curtas, através de um conjunto de folhetos, cartazes, catálogos, livros e outras publicações que marcaram estes últimos 30 anos.

Anunciados estavam já os focos nos realizadores espanhóis Carla Simón (que integrará a antestreia de Alcarràs) e Chema García Ibarra, assim como o programa expositivo e cinematográfico proposto por Marie Losier e David Legrand (em parceria com a Temporada Portugal-França 2022) e os programas de Cinema Revisitado com enfoques na obra de António Campos, François Reichenbach (em parceria com a Fundação de Serralves) e Alain Resnais.

Consulte a programação completa aqui

Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-337 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação

Logótipos Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia