Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo da Câmara Municipal de Vila do Conde

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Recomendações / Informação Preventiva

Época Balnear 2020: ir à praia em segurança

VDF_PraiaSaudavel__MUPI_1200x1750mm_CMVC

 

As praias constituem espaços lúdicos visitadas todos os anos por milhares de pessoas, pelo que, no atual contexto da pandemia COVID-19, importa definir os procedimentos a ter em consideração na sua utilização, de forma a não colocar em risco a estratégia adotada no controlo da pandemia.

A utilização das praias não constituiu uma exceção ao cumprimento das medidas gerais para a pandemia, definidas pela Direção- Geral de Saúde (DGS), em que se recomendam, o distanciamento físico, a higiene frequente das mãos, a etiqueta respiratória, a limpeza e higienização dos espaços e a utilização de máscara, quando tal se revele necessário e adequado.

É importante que sejam utilizadas as seguintes boas práticas para uma ida à praia em segurança:

 

 

  • Antes da praia: verificar a afluência às praias próximas, consultando a app InfoPraia, preferindo as que estão com um nível de ocupação mais baixo, assinaladas a verde, bem como praias vigiadas e com controlo da qualidade;
  • Quando se verificar um nível elevado de ocupação não arriscar deslocação, pois pode ser difícil manter a distância de segurança;
  • Nos acessos à praia: usar calçado, circular sempre pela direita e seguindo as indicações que possam existir no chão e mantendo a distância de 1,5 metros dos outros utentes que não pertençam ao mesmo grupo;
  • Na praia: preservar a distância de segurança de 1,5 metros aos outros utentes, na praia, à beira-mar e no banho;
  • No bar da praia, instalações sanitárias: usar calçado, desinfetar as mãos e manter a distância de segurança;
  • Na saída da praia: não deixar resíduos nem beatas na praia devendo ser acondicionados e colocados nos contentores respetivos.

Descarregue a app InfoPraia

Consulte o Manual com as linhas orientadoras

Consulte o decreto-lei n.º 24/2020, de 25 de maio, que regula o acesso, a ocupação e a utilização das praias de banhos para esta época balnear de 2020.

Direção-Geral da Saúde publicou guia de recomendações por tema e setor de atividade

TabSITE-equivalência-novo-formato-V5

A Direção-Geral da Saúde (DGS) publicou um guia de recomendações por tema e setor de atividade, onde apresenta uma tabela com os documentos técnicos publicados que podem ser adaptados aos diferentes setores de atividade, como atividades aquáticas, estética, turismo e saúde e bem-estar.

O objetivo é facilitar a procura de orientações próprias para cada setor/tema, através da equiparação com outros setores para os quais já existem documentos técnicos elaborados.

Recorde-se que as orientações e normas da DGS contemplam medidas recomendadas com base na melhor evidência técnica e científica disponível à data de publicação das mesmas, sendo por isso fundamental o seu cumprimento para uma efetiva mitigação da pandemia da COVID-19.

A tabela que consta no guia não substitui a consulta das orientações específicas para cada estabelecimento, instituição ou serviço sempre que existam, nem da legislação em vigor.

Consulte o Guia de Recomendações por tema e setor de atividade

Recomendações para a desinfeção doméstica

1 imagem COVID19-LEXIVIA-1

 

 Veja como desinfetar a sua casa e como manusear a lixívia

Plano de Descofinamento - Continuamos juntos nesta nova etapa!

Veja aqui as medidas que devemos continuar a adotar.

Manual de Saúde e atividades diárias: medidas gerais de prevenção e controlo da COVID-19

O levantamento das restrições aumenta ainda mais a responsabilidade individual e coletiva. O SARS-CoV-2 circula na comunidade, e esta nova fase exige de cada cidadão um rigor acrescido no cumprimento das medidas preventivas e de Saúde Pública.

É de conhecimento público que o risco de transmissão aumenta com a exposição a um número acrescido de pessoas, especialmente em ambientes fechados, dado que a aglomeração de pessoas e o contacto físico entre pessoas ou com superfícies contaminadas são fatores importantes de transmissão da COVID-19.

Este manual pretende apresentar as medidas gerais a adotar por todos, sendo completado por vários volumes com medidas específicas a adotar em diferentes contextos, com base nos princípios de evidência e conhecimento científico.

Certos de que o nosso sentido cívico, plasmado no esforço coletivo e individual, continuará a ser meritório e salutar, cremos que com este manual será mais simples a adequação a esta nova realidade.

Esta nova realidade coloca-nos novos desafios, para os quais estamos todos convocados, porque TODOS SOMOS AGENTES DE SAÚDE PÚBLICA.

Consulte o volume 1 do manual de saúde e atividades diárias com as medidas gerais de prevenção e controlo da COVID-19.

Recomendações para o uso correto das máscaras


Recomendações na utilização das lavandarias publicas COVID19


Recomendações para grávidas em tempo de COVID19


Recomendações para as compras em tempo de isolamento


Normas de utização de espaços

A Câmara Municipal pede aos vilacondenses que cumpram as recomendações e diretrizes da Direção Geral de Saúde.

• Mantenha-se, sempre que possível, em casa
• Mantenha uma distância física das outras pessoas de pelo menos 2 m
• Lave frequentemente as mãos
• Em caso de febre, tosse, espirros, dores de garganta e falta de ar, ligue SNS 24 808 24 24 24

Por Vila do Conde. Por Portugal. Pelo Mundo. Cumpram todas as recomendações da DGS.

O novo coronavírus, designado SARS-CoV-2, foi identificado pela primeira vez em dezembro de 2019 na China, na cidade de Wuhan. Este novo agente nunca tinha sido identificado anteriormente em seres humanos. A fonte da infeção é ainda desconhecida.

Os coronavírus são uma família de vírus que podem causar infeções. Normalmente estas infeções afetam o sistema respiratório, podendo ser semelhantes à gripe ou evoluir para uma doença mais grave, como pneumonia.

Quais são os sintomas?

A maioria das pessoas infetadas apresentam sintomas de infeção respiratória aguda ligeiros a moderados:
• Febre (T>37,5ºC)
• Tosse
• Dificuldade respiratória (Falta de ar)

Em casos mais graves pode causar pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos, e eventual morte. Contudo, a maioria dos casos recupera sem sequelas.

Como se transmite?

A COVID-19 transmite-se por contacto próximo com pessoas infetadas pelo vírus, ou superfícies e objetos contaminados.
Esta doença transmite-se através de gotículas libertadas pelo nariz ou boca quando tossimos ou espirramos, que podem atingir diretamente a boca, nariz e olhos de quem estiver próximo.

As gotículas podem depositar-se nos objetos ou superfícies que rodeiam a pessoa infetada. Por sua vez, outras pessoas podem infetar-se ao tocar nestes objetos ou superfícies e depois tocar nos olhos, nariz ou boca com as mãos.

Qual é o período de incubação?

Estima-se que o período de incubação da doença (tempo decorrido desde a exposição ao vírus até ao aparecimento de sintomas) seja entre 2 e 14 dias. A transmissão por pessoas assintomáticas (sem sintomas) ainda está a ser investigada.

O que são medidas de higiene e etiqueta respiratória?

Nas áreas afetadas, a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda medidas de higiene e etiqueta respiratória para reduzir a exposição e transmissão da doença:
• Medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e a boca quando espirrar ou tossir, com um lenço de papel ou com o antebraço, nunca com as mãos, e deitar sempre o lenço de papel no lixo;
Lavar as mãos frequentemente. Deve lavá-las sempre que se assoar, espirrar, tossir ou após contacto direto com pessoas doentes. Deve lavá-las durante 20 segundos (o tempo que demora a cantar os “Parabéns”) com água e sabão ou com solução à base de álcool a 70%;
• Evitar contacto próximo com pessoas com infeção respiratória;
• Evitar tocar na cara com as mãos;
• Evitar partilhar objetos pessoais ou comida em que tenha tocado.

Material informativo sobre isolamento

Medidas de isolamento

Recomendações durante o período de isolamento

Recomendações para isolamento em casa

Recomendações para os restantes membros da casa

 

Site da Direção Geral da Saúde

Site da Organização Mundial de Saúde

 

Proteja-se, por si e por todos nós.

Evite deslocações. Se possível, fique em casa.

 

Fonte: Direção Geral da Saúde

Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-754 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação

Logótipos Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia