Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo da Câmara Municipal de Vila do Conde

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Congresso "Construção naval. Arte, técnica e património"

  • imagem
  • imagem
  • imagem

Vila do Conde acolheu, durante três dias, o congresso internacional "Construção naval. Arte, técnica e património" com presenças reconhecidas internacionalmente nesta área. O congresso insere-se no projeto "Vila do Conde: um porto para o mundo" e que prevê a candidatura da construção naval em madeira a património imaterial da UNESCO.

imagem

O congresso contou com a presença, na sessão de abertura, da Presidente da Câmara Municipal de Vila do Conde, Dr.a Elisa Ferraz, do Diretor Regional de Cultura do Norte, Dr. António Ponte, do Doutor António Carmo Reis, em representação da Comissão de Honra e da Prof.a Doutora Amélia Polónia, presidente da Comissão Científica, que apresentou o enquadramento histórico e patrimonial deste projeto. Durante este dia Filipe Castro, Ivone Teixeira, António José Carmo, António Carmo Reis, Cristina Giesteira, Hugo Bastos, José Maria e Costa, Vladimir Martus e João Lopes apresentaram comunicações relacionadas com a história da construção naval em Vila do Conde, bem como exemplos paradigmáticos da utilização de embarcações a nível do turismo, cultura e lazer, como o caso do navio hospital Gil Eannes, entre outros. Ainda neste dia foi dada posse, pela Presidente da Câmara Municipal, aos elementos das Comissões de Honra e Cientifica, das quais fazem parte destacadas figuras civis, governamentais e religiosas da sociedade portuguesa.

imagem

Carlos Valentim, Amândio Barros, Sílvio Rodrigues, Brígida Baptista, Paulo Lima, José Nuñez, António Canas e Carlos Carvalho, trouxeram-nos casos de dinâmicas comerciais de grande importância e para as quais concorrem os desenvolvimentos da construção naval. Houve ainda a oportunidade de conhecer os processos e o impacto das candidaturas do “Cante alentejano” e do “Fabrico dos chocalhos” à UNESCO. A terminar os trabalhos uma interessantíssima visita aos Estaleiros Navais de Vila do Conde, localizados em Azurara. À noite foi possível assistir a dois filmes documentários: Um que diz respeito à recolha de testemunhos de antigos funcionários dos estaleiros navais de Vila do Conde e ao “bota-abaixo” da caravela Bartolomeu Dias, aqui construída. Um segundo, relativo à construção de um barco rabelo, tendo sido prestada, desta forma, e com a presença do seu filho, homenagem ao Arq. Lixa Filgueiras, pelo importantíssimo trabalho desenvolvido no âmbito da arqueologia e etnografia naval.

imagem

No último dia do congresso, as comunicações apresentadas por Richard Barker, Patrice Pomey, Eric Rieth, Francisco Alves, Fernando Pedrosa e Augusto Salgado, versaram sobre vários exemplos de recuperação de embarcações e construções de réplicas navios históricos, a informação que concorre para estudos aturados sobre construção naval histórica e bélica, bem como as técnicas utilizadas e as influências luso espanholas no período da epopeia ultramarina e comercial. Foi também com muito interesse que congressistas e palestrantes participaram numa visita à Alfândega Régio – Museu da Construção Naval, ao Centro de Documentação dos Portos Marítimos Quinhentistas e à réplica da nau quinhentista.

Com a realização deste congresso internacional, que trouxe até Vila do Conde vários especialistas nacionais e internacionais que se têm dedicado ao estudo de temas que se relacionam com a dinâmica da construção naval em madeira, foi possível alertar para a sua importância e interesse, ressalvando-se a necessidade da salvaguarda urgente do conhecimento das técnicas que se prendem com esta atividade, bem como reunir informação válida para a candidatura da construção naval em madeira a património imaterial da UNESCO.

Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-454 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação