Passar para o Conteúdo Principal

Logotipo da Câmara Municipal de Vila do Conde

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Rota da Ponte Românica de Arcos

Sem perder de vista o rio Este, a Rota Local da Ponte Românica de Arcos, é um percurso pedonal que percorre vários lugares da freguesia de Arcos, mostrando ao visitante esta povoação pitoresca e característica do antigo Baixo-Minho.

Inicia e termina o seu trajeto na Ponte de Arcos, estrutura românica, edificada no século XII, que integrou a Via Veteris, estrada de traçado romano e depois medieval que, vinda do rio Douro aqui cruzava o rio Este. Local de passagem a caminho de Santiago de Compostela, são muitos os peregrinos que ainda hoje a cruzam.

Faça o percurso inverso e na margem esquerda, onde se erguem o padrão em memória do benemérito Visconde Faria Machado e umas alminhas com as imagens da Senhora do Carmo e São Miguel, orago da freguesia, siga para sul pela estrada nacional 306.

Logo a frente, no primeiro entroncamento que encontra, vire a direita e suba pela Rua da Cividade. Repare num pequeno cabeço que sobressai a sua esquerda. Foi ocupado por um pequeno povoado da Idade do Ferro, conhecido como Castro de Casais.
Prossiga até encontrar uma bela casa agrícola. Aí siga no sentido nascente, por um caminho de terra que, sobranceiro ao Lugar de Casais, corta os campos agrícolas e conduz a Rua das lavadeiras.

Avistando para norte, reparará numa casa que pelo seu tamanho se destaca. Trata-se da Quinta do Visconde, cuja construção data do princípio do século passado. No mesmo sentido, mais modesta mas, não menos importante, pelo valor simbólico que encerra, fica a Casa do Gilfonso, onde nasceu D. António Bento Martins Júnior, arcebispo de Braga e Primaz das Espanhas. Já no sentido nascente, marca a sua posição na paisagem a Quinta da Torre, imponente mansão setecentista.
Chegado a Rua da Fonte Nova, vire a direita, e suba, o caminho empedrado que o levará ao caminho de terra que serpenteia a floresta.

Sobranceiro, para sul, no sítio conhecido como Alto dos Castelos, fica o Castelo de Argifonso, arrabalde fortificado da Alta Idade Média.
No alto da Bouça do Monte encontrará um painel informativo que o ajudará a interpretar a magnifica paisagem.

Abandone o caminho florestal, e retome a companhia do casario, seguindo pela Travessa e Rua da Bela Vista até ultrapassar o campo de Futebol. De seguida, inflita a direita na Rua da Lomba e encontre a Rua das Oliveiras, que o conduzirá à Rua Eng.º Francisco Costa Reis e à Rua António da Silva Simões. Cruze, com cuidado, a estrada nacional 306, e encontre o rio, que nas suas margens guarda, ainda, memórias de outros tempos. Azenhas e moinhos, são disso exemplo.

Atravesse a pequena ponte, junto a antiga Azenha do Pica, hoje das Três Rodas, e acompanhe o rio, ladeando os campos agrícolas, até Moldes. Segundo as Inquirições de D. Afonso II, o Lugar de Moldes constitui em tempos uma paróquia, dedicada a Santiago e Incluída na Terra de Faria.

De seguida, tome as ruas do Rio Este e da Alegria e passe junto a Capela do Senhor dos Desamparados e do Cruzeiro da Independência para alcançar a Igreja Paroquial, templo oitocentista. Nas imediações ergue-se o Solar de São Miguel e, portões adentro da casa Cruzeiro, um dos mais belos espigueiros de toda a região.

Por último, contorne a Igreja em direção a Azenha do Carreira, e volte a ter a companhia do rio até ao fim da jornada, na Ponte de São Miguel.

Ponte de Arcos |kmz

Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-454 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação