Passar para o Conteúdo Principal

imagem

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Centro de Pedagogia Ambiental


O Centro de Pedagogia Ambiental, de Vila do Conde, foi inaugurado a 14 de Dezembro de 2008 com uma exposição que retrata o importante “património paisagístico” do concelho de Vila do Conde, e que se intitula “Apontamentos da Paisagem”.

O Centro de Pedagogia Ambiental pretende ser um espaço de reflexão e debate de questões relacionados com os espaços verdes, paisagem e ambiente e ainda, estabelecer-se como “parceiro” da comunidade escolar na partilha de saberes e experiências no sentido de investigar e desenvolver propostas lúdicas de educação e sensibilização ambiental dos mais jovens.

O programa de funcionamento preconiza a produção de trabalhos/exposições temporárias sobre as diferentes problemáticas do meio ambiente, recorrendo a distintos suportes expositivos.

O Centro de Pedagogia Ambiental encontra-se instalado no Centro de Memória, e tem como destinatários a comunidade escolar e o público em geral. O espaço é composto por uma sala, munido de equipamento multimédia e espaço atelier, no qual se desenvolvem atividades educativas na área do ambiente.  

Atualmente o Centro de Pedagogia Ambiental acolhe, de forma permanente, uma exposição com recurso a registos fotográficos de trechos ou estruturas da paisagem que se entenderam relevantes na região, ou apresentam singularidade ou marco de inovação e a exposição multimédia “A Árvore, a Floresta e o Sequestro de Carbono”.


Horta à porta

Tendo por objectivo o prosseguimento de políticas de responsabilidade social, de desenvolvimento sustentável e de protecção meio do ambiente, entendeu a Câmara Municipal de Vila do Conde juntamente com a Junta de Freguesia de Vairão associarem-se à iniciativa “Horta-à-Porta”, projecto da LIPOR, promovendo a primeira “Horta Biológica” em Vairão e a conversão de uma horta convencional em Horta Social, no núcleo de habitação social de Rio Mau.

O Projecto Horta à Porta é coordenado por uma equipa da Lipor, em articulação com o Serviço de Jardins e Espaços Verdes da Câmara Municipal, e têm como responsabilidade a formação dos utilizadores, consultadoria e monitorização agrícola e a gestão global do projecto.

O objectivo do projecto é apoiar os cidadãos interessados em praticar a horticultura como actividade de lazer e/ou de complemento económico, difundindo assim o uso de práticas agrícolas amigas do ambiente e hábitos alimentares saudáveis. Trata-se igualmente de um projecto que visa a promoção da qualidade de vida das populações, não só através da criação de espaços verdes dinâmicos, como também pela promoção do contacto com a Natureza, da qualificação ambiental, do incremento da biodiversidade, e da redução dos resíduos orgânicos.

A Junta de Freguesia de Vairão disponibiliza aos interessados, do concelho de Vila do Conde, em praticar agricultura biológica e compostagem, um terreno agrícola, com cerca de 600m2, dividido em 17 talhões, com 25 m2 cada. A Horta Biológica encontra-se devidamente vedada e provida de duas tomadas de água, proveniente de uma captação próxima, assim como de um pequeno abrigo comum para acondicionar as ferramentas individuais, necessárias à actividade.

A Horta Social de Rio Mau resulta da reconversão de uma horta convencional numa horta biológica. Os interessados em aderir a este projecto comprometem-se a utilizar práticas agrícolas amigas do ambiente.

Os futuros “agricultores” recebem ainda formação em agricultura biológica e um compostor individual, que deverão colocar junto à sua horta.

Todos os interessados em usufruir de uma horta podem efectuar a sua inscrição a partir do dia 6 de Maio de 2011, junto da Câmara Municipal de Vila do Conde através do email rute.saraiva@cm-viladoconde.pt ou pelo telefone 252248400 (Ext.3460 Rute Saraiva ou 3397 SJEV); através da Junta de Freguesia de Vairão email freguesiavairao@sapo.pt ou pelo telefone 252662735l e, ainda através da Lipor pelo telefone 229770100 ou pelo site www.hortadaformiga.com.

A utilização do espaço requer o cumprimento das regras estabelecidas no regulamento e a utilização correcta dos recursos oferecidos, bem como o cumprimento das técnicas de agricultura de modo biológico caseiro. Esta, como é sabido, não permite o uso de produtos químicos de síntese nos tratamentos dos solos e das culturas. Os talhões são disponibilizados gratuitamente aos utilizadores inscritos, e ordenados por ordem de inscrição, sendo igualmente ministrada a formação em agricultura biológica.

Finalmente, considera-se que a divulgação persistente e sistemática dos conceitos de agricultura sustentável e das técnicas que lhe são inerentes, motivará os vastos públicos a alterar comportamentos e a formular novas exigências alimentares e ambientais. Eventualmente, estas acções, farão com que a agricultura sustentável assuma relevância no território e se constitua como “janela” de oportunidade para a valorização do mundo rural.

 

  • Contactos

Largo de S. Sebastião
4480-706 Vila do Conde
Telefone: 252 617 506


  • Horário de Funcionamento

Terça a Domingo - 10h00 às 18h00

Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-454 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação