Passar para o Conteúdo Principal

imagem

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Pré-História Recente

Estações Arqueológicas do Concelho de Vila do Conde
  • Antela das Alminhas – Canidelo
    Escavada pelo Abade Sousa Maia, dela saiu um interessante espólio que se encontra publicado por Domingos Cruz e Mário Brito que aliás publicaram todos os materiais do período megalítico provenientes de Vila do Conde. C.5000 a 3000 a.C.
  • Antela de Farilhe – Canidelo
    Tal como a anterior, também esta mamoa foi escavada por Sousa Maia, abade em Canidelo. C.5000 a 3000 a.C.
  • Mamoa da Ínsua – Vilar
    A mais importante Mamoa do Concelho. Escavada por um notável grupo de arqueólogos esta mamoa revelou uma preocupação na Idade do Bronze inicial, comprovando a utilização dos monumentos megalíticos neste período. C.5000 a 2000 a.C.
  • Mamoa de Sabariz – Macieira
    Quase desconhecida, encontra-se dentro de uma grande propriedade. Primeiro assinalada por Carlos Alberto Brochado de Almeida. C.5000 a 3000 a.C.
  • Mamoas de Mourão e Contra Mourão.- Tougues
    Muito destruídas. São assinaladas por Vítor Oliveira Jorge. C.5000 a 3000 a.C.
  • Mamoas do Folão – Junqueira
    Conjunto de duas Mamoas, visitadas por Martins Sarmento que numa delas encontrou um pássaro gravado. A Mamoa grande viu a sua anta completamente destruída. É, atualmente, objeto de um projeto de valorização. C.5000 a 3000 a.C.
  • Campo das Antas – Labruge
    Tal como a anterior, é um terreno que, pelo seu nome, assinala a presença de monumentos do período megalítico. Estes nunca foram encontrados. São objeto de um projeto de prospeção.
  • Formariz – Vila do Conde
    Em Formariz foi encontrado um machado de pedra polida na abertura dos alicerces de uma casa. Pela tipologia é uma peça Neo-eneolítica. Nada mais se conhece da estação. A pouco mais de 100 metros encontra-se a área da Villa Fromarici, uma estação do período romano.
  • Azevedo - Fornelo 
    Tal como no local anterior, também aqui foi encontrado um machado de pedra polida, provavelmente do mesmo período.
  • Igreja – Touguinha
    Na abertura de uma rua que conduzia à Igreja, no início do século XX, apareceram dois vasos de largo bordo horizontal, correspondendo à presença de uma necrópole da Idade do Bronze.
  • Quinta de Cavaleiros – Outeiro
    Na Quinta de Cavaleiros, em Outeiro Maior, terá aparecido um machado de aletas da Idade do Bronze, cujo paradeiro se desconhece. Poderia estar relacionado com as origens da Cividade de Bagunte.
Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-454 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação