Passar para o Conteúdo Principal

imagem

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Ruído

O ruído pode ser definido como um som desagradável ou indesejável para o ser humano. Constitui uma das principais causas da degradação da qualidade do ambiente urbano. Os transportes são os principais responsáveis, embora o ruído de atividades industriais e comerciais possa assumir relevo em situações pontuais. De acordo com vários estudos efetuados, é reconhecido que, para um mesmo nível sonoro, a percentagem de pessoas incomodadas é mais elevada relativamente ao tráfego aéreo, seguido do rodoviário e por último o ferroviário.
 
20080806111748260556 1 999 999
É usual exprimir o ruído, ou nível de pressão sonora, numa unidade chamada decibel, dB. A escala de valores do ruído varia, assim, entre 0 dB (limiar da audição) e 130 dB (limiar da dor).

Na escala apresentada, poderá visualizar-se, facilmente, os níveis de ruído habitualmente associados a várias situações:

Origem de som Intensidade do som (dB) (aproximada)
Aragem nas folhas de uma árvore 10
Conversa numa sala de estar 60
Escritório comercial 65
Rua movimentada 80
Tráfego urbano em hora de ponta 90
Cortador de relva 90
Martelo pneumático (obras) 100
Buzina de um carro 110
Concerto de rock 120
Avião a baixa altitude após a descolagem 130
Fogos de artifício 140
A exposição ao ruído, dependendo, entre outros fatores, do tempo de exposição e dos níveis de ruído, pode causar vários efeitos negativos na saúde humana:
Efeitos físicos - quando se observam alterações nas propriedades físicas do sistema auditivo, as designadas perdas auditivas, que podem ser temporárias ou permanentes. Estas últimas resultam da exposição a níveis sonoros elevados ao longo de vários anos e verificam-se principalmente em trabalhadores do ramo industrial.

  • Efeitos fisiológicos: quando se observam alterações na atividade do corpo humano, como alterações da pressão sanguínea, do ritmo cardíaco e respiratório, e tensões musculares.
  • Efeitos psicológicos: quando se observam alterações no comportamento, como irritabilidade, stress, fadiga, diminuição da capacidade de concentração.
Quando se observam alterações na atividade do corpo humano, como alterações da pressão sanguínea, do ritmo cardíaco e respiratório, e tensões musculares.
Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-454 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação