Passar para o Conteúdo Principal

imagem

siga-nos
Hoje
Hoje
Máx C
Mín C
Amanhã
Amanhã
Máx C
Mín C

Geminações

O estabelecimento de laços de geminação entre duas cidades, ou vilas, de áreas geográficas distintas, decorre da existência de características semelhantes ou de pontos e referências históricas comuns e procura criar relações de amizade, solidariedade e intercâmbio, estabelecendo mecanismos protocolares, essencialmente aos níveis económico e cultural.

Na Europa, o estabelecimento destes protocolos de cooperação são designados por cidades geminadas ou gémeas, enquanto que nos Estados Unidos da América e Brasil, se designa comummente por "cidade irmã". A sua criação nasceu da vontade do Homem em cimentar laços mais estreitos, promovendo a cooperação e compreensão nacionais/internacionais de forma mais autêntica.

Fruto da sua riqueza cultural, da emigração dos seus povos e das suas características geográficas, Vila do Conde assinou protocolos de geminação com: El Ferrol (Espanha), Olinda (Brasil), Portalegre (Portugal) e Le Cannet- Rocheville (França).

El Ferrol

Foi no ano de 1935 que ocorreu a primeira deslocação do Rancho das Rendilheiras da Praça a fim de participar na festa do trabalho (14,15 e 16 de Julho) a El Ferrol. Apesar das vicissitudes dos anos que se seguiram, manteve-se uma estreita ligação entre as duas localidades, na qual teve particular destaque o Real Coro Toxos e Froles do Ferrol, propiciando o reatamento das relações que culminariam no acto oficial, corria o ano de 1973 (Maio e Junho).

A autarquia Ferrolana decide atribuir o nome de Vila do Conde a uma das ruas da cidade, tendo as cerimónias decorrido na Galiza entre os dias 26 e 27 de Maio de 1973, com a presença das autoridades e associações vilacondenses.
A 23 e 24 de Junho do mesmo ano, corresponde a autarquia vilacondense, recebendo a comitiva ferrolana e atribuindo o nome de Ferrol a uma das artérias da cidade. Duas cidades atlânticas e marinheiras, irmanadas pelo mar e pelas rendas.

Website: www.ferrol-concello.es

Candidatura de Ferrol a Património da Humanidade: http://www.ferrol.es/patrimoniomundial  
Le Cannet – Rocheville
A geminação da cidade francesa Le Cannet – Rocheville com Vila do Conde, representa um elo de extrema importância, não só para os vilacondenses aí radicados, mas também para toda a Comunidade Portuguesa.
 
Um forte núcleo de emigrantes vilacondenses, especialmente da freguesia de Fornelo, esteve na origem da geminação, concretizada no ano de 1987.
 
O Comité de Jumelage Le Cannet - Vila do Conde tem proporcionado, com grande regularidade, eventos culturais, desportivos e intercâmbios diversos.

Website:
http://mairie-le-cannet.fr
Olinda

Os laços de amizade entre as cidades de Vila do Conde e Olinda tiveram início através dos inúmeros vilacondenses que se fixaram no Estado de Pernambuco.

Esta geminação nasceu sob a égide da figura notável do escritor, poeta, ensaísta, que se destacou nos movimentos cívicos de oposição ao Estado Novo, António Ramos de Almeida, olindense por nascimento e que, muito novo, veio para Vila do Conde.

Acresce ainda que Olinda, Património da Humanidade, e Vila do Conde têm muito em comum, nomeadamente na riqueza arquitectónica e na defesa do património. A geminação ocorre no ano de 1983, emitindo a Câmara Municipal de Olinda a Lei nº 4408/83, sancionada pelo Poder Executivo em 19 de Dezembro de 1983, procurando aproximar os dois povos promovendo realizações de âmbito cultural, desportivo e recreativo.

Website: www.olinda.pe.gov.br

Portalegre
O estabelecimento da geminação entre as cidades de Vila do Conde e Portalegre tem por base a figura e a obra de José Maria dos Reis Pereira. Efectivamente, José Régio, figura maior da literatura portuguesa, é uma referência sempre presente na sua terra natal, Vila do Conde. Contudo, não é possível esquecer as estreitas ligações do escritor e apaixonado admirador e coleccionador de arte popular a Portalegre, cidade onde, durante cerca de 30 anos, exerceu a profissão de professor.
 
Duas cidades irmanadas pela figura de Régio, cuja memória permanece, quer na Casa de José Régio em Vila do Conde, quer na Casa Museu José Régio em Portalegre e cuja obra é estudada e divulgada nos Centros de Estudos destas duas cidades.

A geminação foi formalizada no ano de 1994, tendo como principais objectivos o estabelecimento e a prossecução de relações sociais, culturais, económicas, desportivas e turísticas, homenageando, simultaneamente, a memória de José Régio.

Website: www.cm-portalegre.pt
Município de Vila do Conde

Praça Vasco da Gama
4480-454 Vila do Conde

Telefone +351 252 248 400
E-mail geral@cm-viladoconde.pt

Horário de atendimento
Segunda a sexta - 9h00 às 16h30

© 2015 | Todos os direitos reservados

wiremazelogótipos da validação